Siga nas redes

Olá, o que você está procurando?

#TRETA NEWS

Banco Central novamente libera consulta de valores esquecidos, mas por etapas

Nesta segunda-feira (14), retornou a funcionar o sistema do Banco Central (BC) que permite realizar a consulta de valores esquecidos em bancos e outra instituições financeiras, todavia o endereço do site é diferente, não possuindo mais vínculos com o Sistema Registrato, aquele que havia hospedado o serviço nos primeiros dias de funcionamento. Portanto, a chamada de Sistema de Valores a Receber (SVR), essa passará a funcionar no site valoresareceber.bcb.gov.br. A versão anterior não tinha suportado a demanda, sendo assim o Banco Central viu a necessidade de se criar uma nova versão, com uma página específica para a realização de consultas e agendamentos de crédito. Para ter acesso ao dinheiro que tem a receber, o cidadão deverá criar/ ter uma conta no Portal Gov.br, para acessar aos serviços públicos digitais. Aquele que possuir interesse em criar uma conta no Gov, é gratuito e simples de ser realizado, basta acessar a área de login pelo site ou aplicativo Gov.br, que fica disponível para usuários de dispositivos móveis contando com sistema Android e iOS.Verificado que você possui dinheiro a ser resgatado e acessado o Portal Gov.br, você que terá que ter um nível de login, prata ou ouro, para conseguir o resgate do dinheiro esquecido nas instituições financeiras. Visto que o nível bronze não contempla essa possibilidade de ser usado no SVR.Para que seja liberado o nível prata, será necessário a validação dos dados pessoais, lembrando que o solicitante deverá ter uma conta em um dos seis bancos que são conveniados ao Portal Gov.br, sendo eles: Banco do Brasil, Banrisul, Bradesco, BRB, Caixa Econômica Federal, Santander e SicoobEtapasPara que seja recebido o valor, será necessário a realização de duas etapas. A primeira etapa consiste na pesquisa ao site valoresareceber.bcb.gov.br, que é simples, basta digitar o CPF e a data de nascimento. Feito isso, será dispensado o login no Portal Gov.br, podendo ser feita a qualquer momento.Quando há valores que estão disponíveis para saques, o próprio SVR informa a data para o usuário efetuar novamente o login no sistema. Já a segunda etapa é realizada pelo Gov.br, o qual o usuário digitará o login para verificar se há dinheiro a receber, e solicitar a transferência. O cidadão poderá solicitar a transferência via Pix; Se caso não for digitado a chave Pix, a instituição poderá contatar o correntista para realizar a transferência.PrazoA fim de resguardar e proteger o cidadão contra fraudes, foi informado pelo Banco Central que existe apenas um site para a realização desse procedimento, que é o valoresareceber.bcb.gov.br. Informou também que não entrarão em contato por SMS, WhatsApp, Telegram ou e-mail, para confirmar dados pessoais ou tratar de valores a receber.Caso haja um contato, será apenas pelo correntista para aqueles que não conseguirem receber as transferências via Pix, vale lembrar que todo e qualquer contato não pedirá nenhuma confirmação de dados ou senhas.Esclareceu o BC que todo processo de resgate de valores esquecidos é gratuito. Sendo assim, o usuário não deverá jamais pagar para fazerem a consulta do montante a receber, visto que, qualquer pedido nesse sentimento, está caracterizado como golpe.

A nova plataforma do Banco Central permitirá consultar valores esquecidos em bancos ou instituições financeiras; confira

Foto: José Cruz

Nesta segunda-feira (14), voltou a funcionar o sistema do Banco Central (BC) que permite realizar a consulta de valores esquecidos em bancos e outras instituições financeiras, todavia o endereço do site é diferente, não possuindo mais vínculos com o Sistema Registrato, aquele que havia hospedado o serviço nos primeiros dias de funcionamento.

  • Se inscreva no canal do Serra Noticiário no Youtube e fique conectado nos vídeos! Clique aqui!

Portanto, a chamada de Sistema de Valores a Receber (SVR), essa passará a funcionar no site valoresareceber.bcb.gov.br. A versão anterior não tinha suportado a demanda, sendo assim o Banco Central viu a necessidade de se criar uma nova versão, com uma página específica para a realização de consultas e agendamentos de crédito.

Para ter acesso ao dinheiro que tem a receber, o cidadão deverá criar/ ter uma conta no Portal Gov.br, para acessar aos serviços públicos digitais. Aquele que possuir interesse em criar uma conta no Gov, é gratuito e simples de ser realizado, basta acessar a área de login pelo site ou aplicativo Gov.br, que fica disponível para usuários de dispositivos móveis contando com sistema Android e iOS.

  • Entre no nosso grupo Serra Noticiário no WhatsApp e fique ligado nas tretas que acontecem na Serra! Vagas limitadas Clique aqui

Verificado que você possui dinheiro a ser resgatado e acessado o Portal Gov.br, você terá que ter um nível de login, prata ou ouro, para conseguir o resgate do dinheiro esquecido nas instituições financeiras. Visto que o nível bronze não contempla essa possibilidade de ser usado no SVR. Vale lembrar que o site do Gov., contempla três níveis sendo eles, bronze, prata e ouro.

A validação para obter o nível prata na conta gov.br pode ser realizada de três formas: via biometria facial, via internet banking e via SIGEPE, lembrando que o solicitante deverá ter uma conta em um dos seis bancos que são conveniados ao Portal Gov.br, sendo eles: Banco do Brasil, Banrisul, Bradesco, BRB, Caixa Econômica Federal, Santander e Sicoob.

Etapas

Para que seja recebido o valor, será necessário a realização de duas etapas. A primeira etapa consiste na pesquisa ao site valoresareceber.bcb.gov.br, que é simples, basta digitar o CPF e a data de nascimento. Feito isso, será dispensado o login no Portal Gov.br, podendo ser feita a qualquer momento.

Quando há valores que estão disponíveis para saques, o próprio SVR informa a data para o usuário efetuar novamente o login no sistema. Já a segunda etapa é realizada pelo Gov.br, o qual o usuário digitará o login para verificar se há dinheiro a receber, e solicitar a transferência. O cidadão poderá solicitar a transferência via Pix; se caso não for digitado a chave Pix, a instituição poderá contatar o correntista para realizar a transferência.

Prazo

Segundo o site do Sistema Valores a Receber, caso tenha valores a receber, no momento da consulta você receberá data e período para consultar e solicitar o resgate do saldo existente. As datas serão agendadas de acordo com o ano de nascimento da pessoa ou da criação da empresa, conforme calendário abaixo.

Foto: Banco Central

A fim de resguardar e proteger o cidadão contra fraudes, foi informado pelo Banco Central que existe apenas um site para a realização desse procedimento, que é o valoresareceber.bcb.gov.br. Informou também que não entrarão em contato por SMS, WhatsApp, Telegram ou e-mail, para confirmar dados pessoais ou tratar de valores a receber.

Caso haja um contato, será apenas pelo correntista para aqueles que não conseguirem receber as transferências via Pix, vale lembrar que todo e qualquer contato não pedirá nenhuma confirmação de dados ou senhas.

Esclareceu o BC que todo processo de resgate de valores esquecidos é gratuito. Sendo assim, o usuário não deverá jamais pagar para fazerem a consulta do montante a receber, visto que, qualquer pedido nesse sentimento, está caracterizado como golpe.

+NEWS

#DROP NEWS

Confira quais as novas funcionalidades e saiba se porá em risco os cartões de créditos

#DROP NEWS

Até abril, somente R$ 3,93 bilhões foram recuperados, de um total de R$ 11 bilhões esquecidos, conforme dados do Banco Central

#DROP NEWS

Veja como consultar seus valores diretamente no site do BC de forma segura

#TRETA NEWS

O vazamento de dados poderá acarretar várias sanções para a empresa como multas, suspensão ou até exclusão Ontem dia (03), foi noticiado que, dados...

#TRETA NEWS

A ferramenta que foi lançada pelo Banco Central teve tanta adesão, o qual acarretou a necessidade de ser suspensa temporariamente; confira Nenhuma matéria relacionada...


Não copie, compartilhe o link