Siga nas redes

Olá, o que você está procurando?

#TRETA NEWS

Chacina de família que assustou o norte do ES, pode ter ligação com o tráfico de drogas

O alvo dos assassinos possivelmente era Vinicius, pois tinha ligação com o tráfico de drogas, namorado da Karina e sua família morreram por queima de arquivo, um outro filho da família, foi assassinado há três meses

Na madrugada da última quinta-feira (24), uma família inteira foi assassinada na região de Córrego Flor de Maio, em Vila Valério, no Norte do Espírito Santo. O caso assustou os capixabas.

Ao todo, foram assassinadas quatro pessoas, as vítimas foram identificadas como Clauzira Flegler, de 41 anos, os filhos Leandro, de 22, e Karine, de 15, além do namorado da jovem, Vinicius Silva Pinto, de 25 anos, todos foram mortos a tiros.

De acordo com o delegado que investiga o caso, Rafael Caliman, o crime pode ter ligação com o tráfico de drogas. A polícia acredita que o alvo dos criminosos era Vinicius. As investigações apontam que o rapaz teria ligação com o tráfico. Os suspeitos, no entanto, mataram toda a família.

Suspeitas que a motivação do crime pelo tráfico de drogas, os traficantes que tem dominado a região de Vila Valério e no interior de Jaguaré. 

  • Entre no nosso grupo Serra Noticiário no WhatsApp e fique ligado nas tretas que acontecem na Serra - Clique aqui!

Os corpos de Karine e do namorado foram encontrados no quarto onde o casal dormia. Já os de Clauzira e do filho estavam próximos a uma plantação de pimenta, a cerca de 30 metros da casa.

De acordo com as informações, quatro suspeitos do crime teriam chegado em duas motos por volta das 6h. Dois deles teriam entrado na residência e outros dois teriam ficado do lado de fora, o que teria facilitado na hora de alcançar as vítimas que tentaram fugir. 

Um detalhe que chamou atenção da polícia é que todas as vítimas foram baleadas na cabeça. Vinicius foi o mais atingido pelos disparos, em torno de 15 perfurações pelo corpo e a família Flegler foram executados com um ou dois tiros na cabeça.

Vinicius também possui envolvimento com tráfico e foi apresentado à namorada Karina, pelo irmão Alan, que foi executado três meses atrás. Existe a possibilidade que os mesmos assassinos de Alan, sejam os mesmos que mataram sua família na última quinta-feira (24).

A família Flegler já tinha sido vítima de traficantes, um outro filho de Clauzira, foi assassinado há três meses. Alan Junior Flegler, de 19 anos, foi executado em Jaguaré. O corpo do rapaz foi encontrado em uma cova rasa. A polícia informou que o jovem também tinha envolvimento com o tráfico de drogas.

“Esse outro filho foi executado a cerca de três meses, e a família só soube recentemente que se tratava do jovem, através de exame de DNA. Acreditamos que ele estivesse envolvido com o tráfico de entorpecentes, e que um crime possa ter levado a outro”, disse o delegado Rafael Caliman.

A investigação da chacina é realizada pelos policiais civis de Vila Valério, Colatina, Nova Venécia e Jaguaré.

+NEWS

#DROP NEWS

Além do luto de familiares e amigos, os moradores também expressam profundo lamento pelas perdas consecutivas de figuras tão significativas

#DROP NEWS

O objetivo do Programa Vale Gás Capixaba é beneficiar famílias em condições financeiras mais vulneráveis

#TRETA NEWS

Essa treta generalizada teria sido promovida por pessoas da mesma família, e um homem e uma mulher acabaram presos

#TRETA NEWS

Os vizinhos ainda tentaram conter as chamas da residência, porém o incêndio foi somente contido por meio de uma equipe do Corpo de Bombeiros

#DROP NEWS

Entre motos e carros, no leilão há veículos com valores iniciais de até 400 reais; venha conferir os modelos disponíveis

#TRETA NEWS

A treta virou caso de polícia, e a mulher e sua mãe foram levadas para a delegacia, para explicarem as agressões para o delegado

#DROP NEWS

Na tradicional reunião mensal da ALES, os deputados já começaram a traçar metas e planejamentos para o próximo ano

#TRETA NEWS

A princípio, a treta teve início quando os dois homens foram acusados de tocar o terror na comunidade horas antes

Não copie, compartilhe o link