Siga nas redes

Olá, o que você está procurando?

#TRETA NEWS

Dono de bar é assassinado durante discussão por causa de cachorro na Serra

A vítima chegou a ser socorrida para um hospital da região, mas não resistiu aos ferimentos durante os atendimentos médicos

Na tarde do último domingo (25), um homem identificado como José Ricardo Viana foi assassinado durante uma discussão por causa de cachorro, no bairro Porto Dourado, no município de Serra. Equipe da Polícia Militar (PMES), foi acionada atender a ocorrência. A Polícia Civil investiga o caso.

De acordo com informações colhidas por equipe da Polícia Militar, dois homens em um carro passaram na frente de um bar, onde a vítima é dono de um bar, junto com a esposa. Eles passaram no veículo e falaram alguma coisa com os clientes que estavam do lado de fora. Em seguida, a mulher da vítima foi perguntar às pessoas o que os homens tinham falado com eles, mas os clientes não entenderam o que os sujeitos queriam falar.

  • Se inscreva no canal do Serra Noticiário no Youtube e fique conectado nos vídeos! Clique aqui!

Confusão sem motivo

Momentos depois, o veículo com os indivíduos retornou e estacionou em frente ao bar, localizado na rua Beirute. Eles iniciaram uma discussão com a mulher, exigindo dela um cachorro que haviam doado para a filha dela.

A situação começou a esquentar, e a mulher foi até sua casa chamar o marido. O homem se aproximou do par de indivíduos para entender o motivo do conflito.

  • Entre no nosso grupo Serra Noticiário no WhatsApp e fique ligado nas tretas que acontecem na Serra! Clique aqui

Foi nesse momento que a discussão escalou, e os sujeitos passaram a questionar o homem sobre o paradeiro do cachorrinho que haviam dado ao casal dois anos antes. O proprietário do bar tentou esclarecer que o animal havia fugido, mas os homens, que estavam visivelmente embriagados, não se convenceram com a explicação.

Sacou arma

Durante a confusão, um deles sacou uma arma de fogo e atirou contra o proprietário do estabelecimento. Ele foi baleado no abdômen e caiu na rua. Já os suspeitos entraram novamente no carro que chegaram e fugiram.

Em seguida, a vítima foi socorrida pela equipe do SAMU e levado para a UPA de Castelândia. Devido a gravidade dos ferimentos, ele foi transferido para o Hospital Jayme Santos Neves, que também fica na Serra.

Mesmo José Ricardo sendo transferido, a vítima não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade hospitalar. Na manhã desta terça-feira (27), o homem foi velado e em seguida foi enterrado em um cemitério do município da Serra. 

Ninguém foi detido

A Polícia Militar fez buscas atrás dos dois criminosos, mas ninguém foi detido até o momento. O caso será investigado pela Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção à Pessoa da Serra. 

A Polícia ainda destaca que população pode contribuir de forma anônima pelo site da Polícia Civil também, onde é possível anexar imagens e vídeos de ações criminosas, pelo link a seguir: disquedenuncia181.es.gov.br

A Polícia garante o anonimato e investiga todas as informações fornecidas.

+NEWS

#TRETA NEWS

Apesar de o corpo ainda não ter sido liberado, a DHPP Serra já está atuando no caso e conta com a colaboração da população

#TRETA NEWS

O caso será investigado pela DHPP da Serra, que conta com o auxílio da população para encontrar os responsáveis pelo homicídio

#TRETA NEWS

Este é o segundo ataque em 24 horas que resultou em homicídio na região, a qual vem sendo intensamente disputada pelos traficantes rivais

#TRETA NEWS

A vítima, conhecida por ser um trabalhador dedicado, gerou grande comoção entre os moradores da região

#TRETA NEWS

Como é padrão, o cenário do crime ficou repleto de curiosos que realizavam os primeiros levantamentos sobre o caso

#TRETA NEWS

Durante a ocorrência as equipes da Força Tática ainda apreenderam outro criminoso acusado de envolvimento na morte de Carolayne

#TRETA NEWS

A Divisão Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa investigará o caso, já que o corpo da vítima apresentava marcas de violência

#TRETA NEWS

Os moradores da região ouviram os diversos tiros e procuraram abrigo, assim não souberam passar mais informações


Não copie, compartilhe o link