Siga nas redes

Olá, o que você está procurando?

#DROP NEWS

Moradores registram clarões no céu, fenômeno chamou atenção dos Serranos

  Fique tranquilo, ainda não se trata de uma invasão alienígena, apesar de que nos vídeos aparece algo como fosse um objeto não identificado   

Na noite desta última terça-feira (2), alguns serranos registraram clarões entre as nuvens, o fenômeno chamou muito atenção.

De acordo com uma moradora do bairro José de Anchieta, que prefere não ser identificada, relatou que a luz começou por volta das 22:40h, as nuvens estavam na direção leste.

Relâmpagos dentro da nuvem, quer dizer que os raios ficam apenas dentro das nuvens, o fenômeno é chamado pelos meteorologistas como intra-nuvem ou relâmpagos na nuvem.

Relâmpagos na nuvem 

  • Entre no nosso grupo Serra Noticiário no WhatsApp e fique ligado nas tretas que acontecem na Serra - Clique aqui!

Relâmpagos na nuvem originam-se dentro das nuvens Cumulonimbus e propagam-se dentro (relâmpago intra-nuvem) ou fora da nuvem rumo à outra nuvem (relâmpago nuvem-nuvem) ou, ainda, fora da nuvem numa direção qualquer (descarga para o ar).

Cerca de 70% do total de relâmpagos são do tipo intra-nuvem. Embora eles sejam a maioria dos relâmpagos, são menos conhecidos que os relâmpagos no solo, em parte porque eles são menos perigosos e porque são escondidos pela nuvem. Relâmpagos intra-nuvem são normalmente visíveis apenas como um clarão no céu.

Em geral, o canal inicia-se na região inferior de cargas negativas com diversas ramificações horizontais, propagando-se então para cima em direção à região de cargas positivas, onde novamente ramifica-se horizontalmente.

Mas em alguns casos o canal se inicia na parte superior da nuvem e se propaga para baixo, quando surgem os relâmpagos intra-nuvem invertidos.

Em alguns casos, o canal pode sair da nuvem para em seguida retornar para dentro dela. Nesses casos, eles podem ser confundidos com relâmpagos entre nuvens e descargas para o ar.

Relâmpagos na nuvem costumam ser os primeiros a ocorrer em uma tempestade, precedendo os relâmpagos no solo por várias dezenas de minutos, dependendo do tipo de tempestade.

Relâmpagos intra-nuvem costumam também apresentar um aumento de atividade durante períodos que antecedem tornados, diferentemente do relâmpago nuvem-solo, que podem ter atividade variada nesses momentos.

Por sua vez, o percentual de relâmpagos intra-nuvem de uma tempestade específica pode ser altamente variável, com valores desde 30% até 100%.

No vídeo abaixo ovini próximo fenômeno intra-nuvem na Serra:

+NEWS

#TRETA NEWS

Os assaltantes só se livraram das agressões com a chegada da equipe da Polícia Militar ao local

#DROP NEWS

A empresa CESAN emite alerta por conta das chuvas intensas que atingem a região e podem prejudicar o tratamento da água nas estações

#TRETA NEWS

O final de semana foi marcado por diversas denúncias de moradores sobre festas clandestinas em vários bairros da Serra

#TRETA NEWS

Além dos tabletes de crack dentro do veículo a equipe da Força Tática encontrou uma espingarda AK calibre 12 com 18 munições

#DROP NEWS

O benefício do Vale Gás Capixaba, destinado às famílias contempladas, consiste em um valor que será pago a cada dois meses

#OPORTUNIDADES

Quarenta estudantes concluíram cursos de Eletricista Instalador Predial e Operador de Computador numa parceria entre o instituto federal e a prefeitura

#TRETA NEWS

A vítima foi encontrada nua em um terreno alagado e resgatada por equipes da PM e SAMU para o hospital da região

#SPORT NEWS

O Serra FC continua sem marcar pontos no campeonato e agora começa a se preocupar com o rebaixamento no Campeonato Capixaba

Não copie, compartilhe o link