Siga nas redes

Olá, o que você está procurando?

#TRETA NEWS

Polícia Militar acaba com festas clandestinas após denúncias de moradores na Serra

O final de semana foi marcado por diversas denúncias de moradores sobre festas clandestinas em vários bairros da Serra


  • Google News

  • Google News

Polícia Militar e atacada durante festas clandestinas em bairros da Serra

No último final de semana, na madrugada de sábado (10), equipes da Polícia Militar do Espírito Santo agiram contra as chamadas mandelas (festas clandestinas) em diferentes bairros na cidade da Serra. As ações foram motivadas por várias denúncias de moradores locais, preocupados com a perturbação da ordem pública e atividades criminosas.

Festa clandestina no bairro Jardim Carapina

Durante o patrulhamento preventivo, equipes da Polícia Militar foram informadas sobre um “baile do mandela” acontecendo no bairro Jardim Carapina, na avenida Belo Horizonte, cruzando com a avenida Presidente Dutra. Além disso, as denúncias relatavam a presença de traficantes armados comercializando drogas livremente no local.

Assim, as equipes da Polícia Militar foram até o local para averiguar as denúncias. No local, encontraram aproximadamente 200 pessoas participando da festa clandestina. Então, quando as equipes se aproximaram, alguns indivíduos começaram a hostilizar as equipes com xingamentos e arremessos de garrafas e pedras. Para controlar a situação e garantir a segurança, foi necessário o uso de granadas de efeito moral e tiros de espingardas com munição de borracha. Dessa forma, após algum tempo, a multidão se dispersou e a festa clandestina foi interrompida.

Mandela em Carapina Grande

Em outra ação de repressão a eventos clandestinos, os militares receberam denúncias de moradores da região sobre indivíduos realizando uma festa clandestina regada a drogas no bairro Carapina Grande, na avenida Alpheu Ribeiro.

De acordo com os militares que participaram da ocorrência, ao chegarem ao local, encontraram uma multidão realizando a “Mandela”, que bloqueava a via pública. Os participantes, ao perceberem a presença dos militares, imediatamente começaram a lançar pedras e garrafas contra as equipes. Para conter o tumulto, foi necessário o uso de armas não letais e granadas químicas. Logo após a confusão, as equipes dispersaram os participantes e permaneceram cerca de 20 minutos no local para prestar socorro, caso fosse necessário, devido às granadas químicas disparadas. Por fim, a festa clandestina foi encerrada e a avenida foi liberada.

Denúncias anônimas de moradores de José de Anchieta

A terceira ação ocorreu no bairro de José de Anchieta sob circunstâncias similares, com denúncias anônimas de moradores incomodados com sons ensurdecedores, presença de indivíduos armados e consumo de drogas.

Quando a equipe chegou ao local, encontrou cerca de 500 pessoas. Algumas dessas pessoas, ao avistarem os militares, jogaram garrafas contra a equipe. Novamente, os militares usaram armas não letais para dispersar a multidão.

Ao fim da ocorrência, com a festa clandestina encerrada e a via liberada, os militares voltaram a fazer o patrulhamento pelo bairro.

Conforme os militares envolvidos nas ocorrências, durante as ações contra as mandelas, não houve registro de pessoas feridas.

Polícia Militar acaba com festa clandestina que tirou o sossego dos moradores de Jacaraípe

+NEWS

#TRETA NEWS

Durante as agressões, o sujeito conseguiu escapar e se esconder até a Polícia Militar chegar ao local e detê-lo

#TRETA NEWS

Após o roubo, os assaltantes foram perseguidos por uma equipe da Força Tática e se envolveram em um acidente após troca de tiros

#TRETA NEWS

Até o momento não se sabe a identidade da vítima, a Polícia Civil agora conta com a população para chegar nos criminosos

#BRONCA NEWS

Segundo relatos, uma moradora em situação rua que esperava por atendimento chegou a desmaiar na sala de espera da UPA

#TRETA NEWS

O corpo foi encontrado após o vizinho sentir um forte cheiro vindo da casa ao lado de sua residência

#TRETA NEWS

O bandido foi preso pelas equipes da 14ª Companhia Independente da PM e teve que ser levado até a UPA da região devido às...

#TRETA NEWS

A mulher ficou inconsciente após as agressões e, mesmo desacordada, continuou segurando o bebê para protegê-lo

#TRETA NEWS

Os criminosos estavam no local com o objetivo de promover um ataque a facções rivais do bairro Itararé

#TRETA NEWS

O suspeito estava com um parceiro, que fugiu após o crime e deixou o comparsa para trás na mão da população

#DESTAQUE

O traficante, apontado como um dos líderes do tráfico de drogas de Planalto Serrano, foi flagrado com um verdadeiro arsenal

#TRETA NEWS

A tentativa de homicídio será investigada pela DHPP Serra, que conta com o auxílio da população para chegar aos autores do crime

#DESTAQUE

Durante o Carnaval 2024, um cabo da PM do ES se destacou ao cantar para os foliões, fortalecendo a relação entre a polícia e...

Não copie, compartilhe o link