Siga nas redes

Olá, o que você está procurando?

#TRETA NEWS

Vídeo: Agente registra BO denunciando perseguição e uso político na Guarda da Serra pelo comando

Nas imagens, o segundo na linha de comando da Guarda da Serra é visto repreendendo seus subordinados pela ausência em repelir uma suposta opositora do atual prefeito


  • Google News

  • Google News

Vídeo: Agente registra BO denunciando uso político da Guarda da Serra pelo comando

A reportagem do Serra Noticiário teve acesso a um vídeo e a um boletim de ocorrência datado de 14 de julho deste ano, que denuncia suposto uso político e perseguição entre integrantes da Guarda da Serra. O incidente ocorreu em 7 de julho, durante a inauguração do novo prédio administrativo da prefeitura em Serra-Sede.

Recentemente, o Serra Noticiário tem estado na vanguarda das denúncias de irregularidades cometidas por membros da liderança da Guarda Civil Municipal da Serra. Entre as acusações de perseguições internas, há queixas de suposto uso político da corporação em favor do atual prefeito, Sérgio Vidigal (PDT), por meio da comandante Laís Araújo.

Nos dois vídeos, que juntos têm quase um minuto de duração e foram enviados junto ao boletim de ocorrência, o segundo na linha de comando da Guarda da Serra é visto repreendendo seus subordinados por não deterem uma suposta opositora do atual prefeito, Sérgio Vidigal, que seria uma apoiadora do ex-prefeito Audifax Barcelos (sem partido).

Vídeo Youtube SN:

Relato do agente no boletim de ocorrência

Durante a entrega do novo prédio administrativo da Prefeitura em Serra Sede, no dia 7 de junho de 2023, os agentes da guarnição GM 45 precisaram usar o banheiro. Dessa forma, teriam comunicado à Central da Guarda Municipal via WhatsApp funcional e se deslocaram para o banheiro mais próximo, já que o prédio público estava fechado e o comércio local já havia encerrado o expediente. Ao retornar, foram questionados pelo Chefe de Divisão Comunitária, Adevaldo de Barros, que afirmou que eles não tinham autorização para sair do local.

O agente Jaime respondeu via rádio comunicador que havia comunicado à Central e que ir ao banheiro é uma questão de dignidade humana. Adevaldo de Barros insistiu em sua posição e mencionou que uma mulher de oposição política estava causando problemas no local, mas não apresentou nenhum registro disso. O episódio foi acompanhado por outros agentes e registrado em vídeo.

  • Entre no nosso grupo Serra Noticiário no WhatsApp e fique ligado nas tretas que acontecem na Serra - Clique aqui!

Jaime solicitou a extração dos áudios à Corregedoria da Guarda da Serra, mas teve seu pedido negado inicialmente. Fez novas tentativas pessoalmente e formalizou um pedido de apuração, ressaltando que buscará medidas judiciais se necessário.

Desde então, Jaime tem sido tratado de forma diferente pelos colegas e sofreu perseguições internas, incluindo a desconvocação para uma escala especial, alegando condições de saúde inadequadas com base em um atestado médico de apenas um dia, que foi validado pela perícia médica.

Jaime destaca que, se os áudios são armazenados por apenas 30 dias, o prazo já expirou, embora sua solicitação tenha sido feita dentro desse período. Ele também relata que após seus pedidos para extração dos áudios, passou a ser tratado de forma diferente e sofreu perseguições internas.

Todos os acontecimentos citados acima foram adicionados em um boletim de ocorrência na própria Guarda Civil Municipal da Serra, no dia 14 de julho, para apurar “supostas condutas e perpetração de constrangimento ilegal, perseguição, uso de cargo público para fins políticos, improbidade administrativa, prevaricação e condescendência criminosa“, como afirma o próprio documento, compartilhado com a reportagem do SN pelo agente Jaime.

Devido aos problemas que teve em conseguir as provas e os áudios na corregedoria, conforme apurou a reportagem, o agente Jaime relatou a reportagem que decidiu também apelar ao Ministério Público, editando a minuta para solicitar o afastamento de Adevaldo do cargo com base na lei de improbidade administrativa.

O que diz o outro lado?

Prezando pela qualidade jornalística, entramos em contato com a Prefeitura da Serra, com a comandante Laís Araújo, com o Sindicato dos Agentes (SIGMATES) e com o próprio Adevaldo de Barros.

Todos foram procurados para comentar sobre o caso, mas até o momento da publicação, não houve retorno. A reportagem do Serra Noticiário, no entanto, seguirá aguardando esclarecimentos e atualizará a matéria caso novas informações sejam obtidas.

Atualização SIGMATES:

Nesta atualização, o Sindicato dos Servidores das Guardas Civis Municipais e dos Agentes Municipais de Trânsito do Estado do Espírito Santo (SIGMATES) retornou o contato da reportagem por meio de uma nota. Segue na íntegra.

“Em resposta ao e-mail anterior, sobre um BO registrado pelo agente Jaime da Guarda Municipal da Serra contra o Chefe de Divisão Comunitária, Adevaldo de Barros, até a presente data o Sindicato não foi demandado a adotar qualquer procedimento relativo aos servidores mencionados neste e-mail.”

Comunicação SIGMATES

+NEWS

#TRETA NEWS

Os militares, além de deterem um homem, realizaram a apreensão de duas adolescentes após o veículo em que estavam bater em outro veículo

#BRONCA NEWS

O Serra Noticiário já havia trazido essa denúncia há mais de um mês, mas até agora, nada foi feito no local

#DROP NEWS

Confira como realizar o agendamento online, além de onde haverá postos de vacinação sem agendamento prévio

#BRONCA NEWS

Nas imagens capturadas, um morador questiona o compromisso da Prefeitura da Serra com as ações de combate à dengue

#DROP NEWS

Nesta edição do Serra Mais Cidadã, além dos serviços habituais, haverá uma feira de adoção de pets

#DROP NEWS

Além de disponibilizar a vacina sem agendamento, a Prefeitura da Serra também vai possibilitar o agendamento das doses pela internet

#DESTAQUE

A iniciativa é um passo importante para a saúde pública da Serra, reforçando a importância do aleitamento materno e do apoio à maternidade

#BRONCA NEWS

Nas imagens enviadas pelos moradores revelam a situação crítica das ruas, completamente bloqueadas pela água, que alcança níveis alarmantes

Não copie, compartilhe o link